enem Profª. Vanessa Garcia

Dicas de estudantes nota mil na redação do Enem

A redação do Enem é uma das provas que mais salva as notas quando bem feita por suas particularidades.

Escrever uma redação nem sempre é fácil, seja porque os candidatos não leem o bastante ou porque não tem o hábito de escrever.

No entanto, para quem vai fazer Enem, tirar uma nota boa na redação pode ser o seu grande diferencial para com os outros candidatos.

Estar entre os melhores na redação pode salvar sua nota e acabar lhe permitindo ingressar na universidade no curso que tanto deseja.

Então se quer saber mais dicas dos estudantes nota mil em redação do enem, leia este post.

A redação no Enem

O primeiro ponto a se considerar é o modelo da redação do Enem, isto é como de fato ela deve ser escrita.

Importante saber que o estilo do texto deve ser dissertativo-argumentativo, isto é, você precisa de argumentos que corroborem seu texto.

Antes da prova você verá que haverá um texto com uma situação para que você avalie e intérprete da sua forma.

O tema também será dado pela banca organizadora. A única tarefa que você tem é entender o tema e escrever sobre de forma a convencer os corretores sobre seu ponto de vista.

Não precisa ser extremamente convincente, no entanto, você precisa firmar bem seus argumentos e sua tese sobre o tema.

Dessa forma, não basta somente sair escrevendo várias coisas que não façam sentido e estejam sem coesão e coerência.

Na redação, além de mostrar que você sabe escrever, estará sendo também avaliado no quesito social, isto é, qual é a sua visão de mundo.

Por isso lhe será dada uma situação problema para que você analise ela e tenha uma dissertação.

Além disso, ao final você precisa propor uma proposta de intervenção para este problema, que deve estar dentro dos critérios.

O tema da redação

Escrever a redação vai demandar tempo de preparo, mas isto não quer dizer que você precisa estar a par de todas as situações do Brasil e do mundo.

O mais importante é que você saiba escrever, sobre o que quer que seja!

A situação pode ser muito desconhecida para você, e por isso que haverá suporte da prova para te auxiliar neste ponto.

É por isso que a própria prova te dará alguns textos de apoio para que você entenda o problema e possa dissertar sobre.

Saber interpretar esses textos é essencial, porque não serão somente textos, mas também gráficos ou tabelas.

Tudo isso para que você tenha um embasamento mínimo para construir sua argumentação em cima do tema.

Dessa forma você não precisa ser muito incisivo no tema e escrever todo o contexto histórico da situação.

Até porque, a maior dica de todas é NÃO FUGIR DO TEMA, se isso acontecer você terá muitos pontos descontados da prova.

Há também que se respeitar os direitos humanos na prova.

A letra

Este ponto pode parecer bobeira, mas não é! já foi visto vários casos em que o corretor não entendeu a letra do candidato e tirou pontos.

Por isso, se você tem uma letra que as pessoas em geral não entendem é melhor ir trabalhando nisso desde já!

O ideal é durante seus estudos, escrever alguns textos sobre os diversos assuntos para treinar redação.

E depois de escritos levá-los para alguma pessoa ler, e averiguar se está sem sentido ou se ela não entende sua letra.

Assim você verá as palavras que mais reclamam e pode melhorar elas com o tempo.

Mas para que funcione você vai precisar muitos textos, e se preciso mais de uma vez o mesmo texto, até que fique legível.

Continuidade textual

O Inep estará avaliando não só sua habilidade de escrita mas de interpretação de situações.

A redação do Enem deve ser escrita no formato dissertativo-argumentativo. Essa forma de escrever permite que você descreva determinada situação exprimindo opinião.

Não se pode esquecer também que o intuito é convencer o leitor sobre o assunto tratado, então deve-se usar de argumentos sólidos e sustentáveis.

NUNCA se esqueça de produzir uma redação com início, meio e fim. Que os parágrafos se comuniquem entre si para que haja continuidade textual.

Por isso você precisa conhecer a coerência e coesão.

Critérios de avaliação da redação do Enem

Por isso, o INEP divulga os critérios que os próprios avaliadores usam para avaliar e dar a nota de sua redação.

Então conhecer esses pontos já lhe dá uma vantagem muito grande em relação a outros muitos candidatos:

  • Respeitar a norma culta escrita da Língua Portuguesa;
  • Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo;
  • Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  • Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  • Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

Conhecendo esses passos você pode agora ter um norte e construir uma redação mais coerente e completa para os corretores.

Espero ter ajudado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.